Quando usar reticências e parênteses

Esta é uma dúvida recorrente: quando eu posso (ou devo) usar as reticências e os parênteses?

Vamos lá:

  • Use reticências neste casos:
    • para indicar indecisão, surpresa, dúvida ou interrupções: Quem não se comunica… 
    • para indicar a exclusão de trechos de cópias, normalmente entre parênteses: (…).

O emprego das reticências é mais apropriado para textos literários, como em contos, crônicas e novelas, nos quais poderá produzir efeitos interessantes.

Nos textos utilitários, entretanto, com o da dissertação para exames de seleção, não se recomendam as reticências, uma vez que nesses textos deve imperar a precisão da linguagem.

  • Use os parênteses para:
    • explicar: O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) acontecerá em novembro.
    • substituir vírgulas e travessões: A felicidade (mui justamente) contaminou o time.

Agora é com você!

Treine à exaustão a produção textual, pois somente assim você ficará bem à vontade com os recursos de linguagem à sua disposição.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s