Fuja dos verbos genéricos

Evite verbos que caibam em qualquer contexto, tais como fazer, pôr, dizer, ter, ver e colocar.

Substitua-os por outros mais precisos que caracterizem melhor a ação sugerida e contribuam para a concisão do texto.

Veja alguns exemplos:

Em vez de…

Prefira…

Fazer uma redação. Redigir uma redação.
Fazer uma fossa. Cavar uma fossa.
Fazer uma estátua. Esculpir uma estátua.
Fazer aniversário. Comemorar aniversário.
Pôr dinheiro no banco. Depositar dinheiro no banco.
Pôr os filhos na escola. Matricular os filhos na escola.
Pôr uma roupa. Vestir uma roupa.
Dizer adeus. Despedir-se.
Dizer poemas. Declamar poemas.
Dizer exemplos. Citar exemplos.
Ter dor de cabeça. Sentir dor de cabeça.
Ter medo de cachorro bravo. Temer cachorro bravo.
Ter boa reputação. Gozar de boa reputação.
Ver o jogo de futebol. Assistir ao jogo de futebol.
Ver os pormenores do processo. Observar os pormenores do processo.
Ver a beleza de um quadro. Admirar a beleza de um quadro.
Colocar as gavetas em ordem. Organizar as gavetas.
Colocar acentos nas palavras. Acentuar as palavras.
Colocar o carro no estacionamento. Estacionar o carro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s