Prefira a linguagem positiva à negativa

Evite a linguagem com predominante peso negativo em sua dissertação.

Pelo contrário, busque construções frasais que tornem a linguagem a mais positiva possível!

  • Exemplo 1: O governo não cumpriu a meta anunciada. Sugestão: O governo descumpriu a meta anunciada.
  • Exemplo 2: O ministro não foi claro em sua exposição. Sugestão: O ministro foi prolixo em sua exposição.
  • Exemplo 3: A Secretaria de Esportes não prestigiou o evento. Sugestão: A Secretaria de Esportes desprestigiou o evento.

Pelo visto, quando você disserta pelo avesso, negando ao invés de afirmando, o texto se torna menos conciso e preciso.

Observe que você pode perfeitamente negar sem usar o “não”, por meio do uso de prefixos que indiquem negação ou ausência.  

Alerta: se a  sua argumentação tender para o negativismo, poderá contaminar o texto todo e torná-lo enfadonho.

Faça uma experiência: procure levar a vida pelo seu lado sim e sinta como os seus dias serão mais leves!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s