Como organizar ideias

O nascedouro de qualquer texto dissertativo é a opinião formada a respeito de determinado assunto (tese), à qual poderão estar associadas outras tantas ideias secundárias, as satélites.

Organizar uma linha de pensamento e argumentação com ideias que se somem ao longo do texto da forma mais clara e convincente possível é desafiante.

Veja como você poderá fazê-lo:

  • Cronologicamente, observando a sucessão dos fatos que lhe digam respeito.

Exemplo: A corrupção no Brasil é histórica, pois remonta da sua colonização, passa pela Monarquia e chega à República como erva daninha que, em nome dos interesses individuais de uma minoria privilegiada, abafa a conquista dos legítimos interesses nacionais e faz do brasileiro um povo carente de serviços essenciais de qualidade, regido por governos que se locupletam na administração do erário.

  • Espacialmente (para efeito de provas, sugerimos do geral para o particular).

Exemplo: Educar não é tarefa para amadores. Crianças até seis anos precisam assimilar valores éticos e morais, até mesmo ludicamente, a fim de que possam relacionar-se bem em sociedade. Dessa forma, pais e professores devem incentivar brincadeiras que estimulem a autoestima e a valorização do indivíduo em ambiente de respeito ao próximo.

  • Logicamente:

# pelo método dedutivo: partindo de uma generalização a especificações  até chegar a conclusões.

Exemplo: Participar do socorro a acidentados nas condições mais próximas da realidade é a melhor preparação que podem receber candidatos à carreira de aeroviário. Sendo assim, as escolas de formação devem, além de ministrar aulas teóricas sobre primeiros socorros, criar simulações de acidentes com o propósito de mediar o preparo físico e emocional de cada voluntário e criar reflexos que lhes possam ser úteis em casos reais.

# pelo método indutivo: partindo de detalhes para chegar a conclusões.

Exemplo: Acordar às 5h30, tomar banho frio e estar pronto para o café às 6h, deslocar-se para as atividades matinais às 6h30, impecavelmente uniformizados, e assistir a palestras até o meio-dia; à tarde e à noite, aplicar a teoria em exercícios na selva. Essa era a rotina de duas semanas dos jovens que se preparavam para ser aeroviários. Difícil experiência, mas necessária para testar o preparo físico e emocional de cada candidato e criar reflexos que lhes possam  ser úteis em casos reais.

# pelo método dialético: mais comuns em textos de contra-argumentação, quando o autor chega a determinadas conclusões depois de apreciar argumentos que lhe sejam contrários.

Exemplo:Home banking”, “Off 30%” e “Happy hour” são estrangeirismos que, por estarem consagrados pela linguagem comercial, sugerem que todos os consumidores brasileiros estejam aptos a decodificá-los. Ora, se somos ainda um povo em grande parte apenas semialfabetizado na própria língua materna, o que dizer em idiomas estranhos? Tais recursos linguísticos, portanto, são elitistas e excludentes, pois privilegiam uma camada mais letrada e abastada da população e marginalizam o estrato mais inculto e pobre dentro do seu próprio país. Inconcebível. 

Agora é treinar, treinar e … treinar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s