Não basta ter ideias; é preciso desenvolvê-las

O parágrafo argumentativo não pode ser resumido à apresentação da tese, ou seja, da opinião formada sobre determinado assunto.

É preciso expandi-la, ou seja, desenvolvê-la com uma linguagem adequada ao nível culto, justa e convincente.

Para isso, você poderá usar vários recursos como, dentre muitos, os da exemplificação, citação de dados estatísticos, constatação de fatos e detalhes, comparação.

Exemplo:

Há alunos que surpreendem positivamente os professores (tese)Por exemplo, não tem sido incomum encontrar casos de expressivos resultados no Enem de discentes que tiveram desempenho apenas mediano no Ensino Médio. (desenvolvimento)

Muitas vezes, também, o parágrafo requer uma conclusão.

Veja, assim, como o parágrafo do exemplo poderia ser concluído:

Há alunos que surpreendem positivamente os professores (tese)Por exemplo, não tem sido incomum encontrar casos de expressivos resultados no Enem de discentes que tiveram desempenho apenas mediano no Ensino Médio. (desenvolvimento) Dessarte, cabe ao professor investir igualmente em todos os seus alunos e esperar o melhor de cada um deles. (conclusão) 

Guarde esta: apenas uma constatação, a citação de determinado fato ou a apresentação de algum comentário não caracteriza o parágrafo!

É preciso, para ser reconhecido como tal, que o fragmento de texto apresente tese+expansão da tese+conclusão (se for o caso).

Agora é treinar, treinar e … treinar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s