Você sabe usar aspas?

Veja situações que facultam o uso das aspas:

  • antes e depois de uma citação: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida”, disse Jesus.
  • diante de expressões de destaque: O “é proibido proibir” fez oposição à censura durante o regime militar.
  • para denunciar palavras estrangeiras e gírias: O “script” foi bem decorado.

Observações:

  1. Evite, quando possível, os estrangeirismos. Dê preferência a palavras em língua portuguesa, pois assim, além prestigiar a língua-mãe, você estará diminuindo a ocorrência de aspas no texto.
  2. Em textos de até 30 linhas, como normalmente acontece em exames de seleção, não abuse das aspas. Pelo contrário, seja original e busque empregar um vocabulário preciso que dispense tal recurso. Lembre-se de que as bancas de concursos estão mais preocupadas em saber o que você tem a dizer sobre determinado assunto, no seu estilo e com o seu léxico, e não o que alguém de renome tenha dito.
  3. Excepcionalmente, você poderá empregar aspas simples quando houver uma citação dentro de outra citação. Exemplo: “As palavras de Jesus, ‘Eu sou o caminho, a verdade e a vida’, nos convocam a buscar vida plena Nele.”, disse o pároco durante a missa.

Bons estudos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s