Seja observador(a) de tudo e de todos!

As questões de redação de vestibulares, concursos e Enem exigem boa cultura geral advinda da leitura de mundo (experiência de vida) e exaustiva rotina de estudos das matérias curriculares.

Ser observador(a) de tudo e de todos ajuda muito na apropriação de informações que nem sempre são tratadas em sala de aula.

Seja, pois, participativo(a) e esteja atento(a) à realidade do contexto social no qual você esteja inserido(a).

Sim, a começar pela realidade da família, passando pela do seu bairro, da sua cidade, do estado e país até chegar à leitura diária da conjuntura internacional.

Estudante alienado(a) normalmente é fraco em redação por falta de ideias inovadoras e questionamentos que possam valorizar o seu texto.

Aprenda não somente com as pessoas e os grupos sociais com os quais você se relacione.

Até mesmo as reações da natureza têm muito a nos ensinar diariamente. Para produzir textos consistentes, é preciso, pois, estar “antenado(a)” com o mundo que nos acolhe.

Para aprofundar o estudo, adquira os nossos livros Dissertação Nota Mil Redação para Vestibulares, Concursos e Enem. 

Bons estudos!

Seja metódico(a)!

A sua preparação para o enfrentamento de questões de redação em vestibulares, concursos e Enem requer método de estudo.

Seja, portanto, metódico(a) desde agora.

Planeje os seus estudos de modo a distribuir equilibradamente atenções a todas as matérias ao longo do ano letivo.

Quanto à nossa disciplina, crie em sua agenda semanal pelo menos dois momentos de 1h30min para a produção textual.

Durante cada treinamento, não admita ser interrompido(a), salvo em situações extraordinárias.

Ainda mais, tenha por hábito guardar em ordem cronológica todos os textos produzidos na fase de preparação.

Assim fazendo, você terá como melhor visualizar a sua evolução.

Vez por outra, consulte os textos já corrigidos e reconsidere as observações assinaladas pelo(a) professor(a).

Para aprofundar o estudo, adquira os nossos livros Dissertação Nota MilRedação para Vestibulares, Concursos e Enem.

Para quem mora em Fortaleza, como livros impressos, podem ser encontrados na livraria Acadêmica do Shopping Aldeota. Entregamos, se preferir, em todo o Brasil.

Bons estudos!

Primeira dica para o Ano Novo

Primeira dica para este começo de ano letivo: seja paciente consigo mesmo(a)!

Não queira tornar-se bom(boa) escritor(a) da noite para o dia como que em passe de mágica.

A maturidade linguística estará a caminho em um processo que, se para alguns parece longo demais, para outros, nem tanto.

Encare cada deslize observado pelo professor como nova oportunidade de retificação da aprendizagem.

Não admita, portanto, repetir os erros observados em trabalhos anteriores.

Seja paciente, mas não frouxo(a) na observância dos pontos que mereçam ser melhorados em sua redação.

Busque ser perfeccionista e rigoroso(a) no acatamento das correções sugeridas.

Não tolere comodismo nem admita desânimo.

Mãos à obra!

Novo ano, vida nova!

É tempo de renovação.

Desejamos que os sonhos para 2018 realizem-se como recompensa dos seus esforços!

Você já sabe, em se tratando de Redação para Vestibulares, Concursos e Enem, a capacitação é adquirida diariamente, passo a passo, mercê de rotinas de leitura e  produção textual.

O que mais lhe desejamos para o Ano Novo é saúde a fim de suportar o peso de toda a caminhada de estudos que está por vir.

Quanto ao mais, é perseverar na superação de dificuldades, jamais esmorecer!

Continue conosco em 2018!

Feliz Ano Novo!

 

Fuja das repetições

Em dissertações, queira distância de  qualquer repetição evitável de palavras, expressões ou de sons, principalmente em redações produzidas em provas de concursos, vestibulares e do Enem.

Quem repete denuncia falta de vocabulário, criatividade e desenvoltura linguística.

Há vários recursos linguísticos que podem ser usados para evitar repetições, tais como o emprego de(a):

  • pronomes, símbolos, sinônimos e hiperônimos.
  • figuras de linguagem como a zeugma (omissão de um termo já citado no texto) ou elipse (omissão de um termo facilmente subentendido).
  • nomilização (substantivação) de verbos.
  • expansão ou redução de termos.

Seja criativo(a) e zele pela variedade linguística que possa tornar o texto agradável ao leitor.

Da mesma forma que você não gosta de repetir roupas em festas de casamento, procure não usar sempre as mesmas construções frasais e palavras ao longo do texto.

Olho vivo!

Fuja das cacofonias em dissertações

A união de duas palavras cujas sílabas finais da anterior e iniciais da posterior, ao serem pronunciadas, formem uma terceira palavra indesejável caracteriza o deslize de linguagem chamado cacofonia .

Portanto, todo cuidado é pouco.

Exemplos: A ré pagará por cada  (porcada) crime cometido. / Ela tinha (latinha) esperanças de ser absorvida. 

Possíveis correções: A ré pagará pelos crimes cometidos. / Ela alimentava esperanças de ser absorvida.

Sendo assim, antes de passar o texto a limpo, tenha o cuidado de ouvi-lo.

Durante os treinamentos, faça uma leitura corrida em voz audível, procurando perceber qualquer problema de sonorização.

Em salões de prova, evidentemente, essa verificação deverá ser executada silenciosamente, com a máxima atenção possível.

Olho vivo!

Vá aos dicionários

Por mais culto(a) que você seja, sempre há o que aprender da língua portuguesa.

Na fase de preparação para concursos públicos, vestibulares e Enem, é imprescindível a ajuda de dicionários para o entendimento bem preciso de todos os enunciados, mesmo os das ciências exatas.

Quando, em casa, estiver treinando  a questão de Redação, não deixe de consultá-lo, pois, ao fazê-lo, você acaba fixando a grafia de novas palavras e diversificando o seu vocabulário. 

Ainda mais, poderá corrigir possíveis senões ortográficos.

Crie também o hábito de ler com um dicionário ao lado. Sempre que o significado de determinada palavra não lhe parecer claro, consulte-o.

Em casa, é recomendável ter-se, além do dicionario de palavras, dicionários de regência verbal e nominal, de sinônimos e antônimos e, por que não, um dicionário etimológico.

Bons estudos!

Livro “Redação para Vestibulares, Concursos e Enem”

Livro digital

Este livro destina-se a quem esteja buscando preparação específica em língua portuguesa para ganhar desenvoltura na resolução das questões de Redação de vestibulares, concursos públicos ou do Enem. 

Os conteúdos estão apresentados em capítulos que se sucedem da forma mais didática e acessível possível, todos facilmente assimiláveis e imediatamente aplicáveis. 

Escrever bem, muito mais do que pura inspiração, é resultado da adequada aplicação do embasamento teórico assimilado ao longo de anos de estudo.

Com a aquisição dessa obra você aprenderá a planejar textos que respondam com precisão aos comandos das questões, recordará os principais cuidados a tomar com a linguagem, despertará para os aspectos mais traiçoeiros da gramática normativa e passará a dar mais valor ao emprego dos conectores, tão úteis à articulação de suas ideias para dar forma e sentido ao texto. 

O professor Soares Elias tem dirigido e ministrado Laboratórios de Redação e Cursos de Redação, Interpretação de Textos e Discussão de Temas da Atualidade há mais de vinte anos com absoluto sucesso, experiência que agora poderá ser-lhe útil também.

Adquira-o como e-book pelo site da Amazon. Para quem mora em Fortaleza, é possível  encontrá-lo como livro impresso na livraria Acadêmica do Shopping Aldeota.

Entregamos o livro impresso, se você preferir, em todo o Brasil.

Boa leitura!

Reveja os temas de redação já cobrados pelo Enem

Rever os temas de redação já cobrados pelo Enem é sempre interessante em véspera de prova, pois pode-lhe dar uma noção da tendência para este ano.

Dica: dê atenção especial aos cinco últimos assuntos:

1998: Viver e aprender.

1999: Cidadania e a participação social.

2000: Os direitos das crianças e dos adolescentes.

2001: A preservação ambiental: como conciliar os interesses em conflito.

2002: O direito de votar: como utilizar-se do voto para promover as transformações sociais que o Brasil precisa?

2003: A violência na sociedade brasileira: como mudar as regras desse jogo?

2004: A liberdade de informação e os abusos dos meios de comunicação.

2005: O trabalho infantil.

2006: O poder de transformação da leitura.

2007: A diversidade cultural.

2008: A preservação da floresta Amazônica.

2009: A Valorização da Terceira Idade.

2010: O Trabalho na Construção da Dignidade Humana.

2011: Viver em rede no século XXI: os limites entre o público e o privado.

2012: Movimento imigratório para o Brasil no século 21.

2013: Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil.

2014: Publicidade infantil em questão no Brasil.

2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira.

2016.1: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil.

2016.2: Caminhos para combater o racismo no Brasil.

Possíveis temas de Redação para 2017

Considere os temas abaixo como prováveis de aparecer em propostas de Redação de exames de seleção. Acrescente à lista outros que você julgar também oportunos para 2017:

Diálogo entre ciência e sociedade

A ciência realiza novas descobertas frequentemente, fato que possibilita melhorias e desenvolvimento de novas tecnologias. Entretanto, muitas vezes a sociedade não entende o método científico e muitas coisas são confrontadas com paradigmas culturais, morais ou religiosos. Para lidar com isso, é necessário haver comunicação entre o meio científico e a população.

Limites entre estética e saúde

Academia, dietas, cirurgias plásticas, anabolizantes etc. É grande a busca pelo corpo perfeito caracterizado por um padrão de beleza. Mas até que ponto a estética coincide com hábitos saudáveis? Conhecem-se muitas doenças causadas por insatisfação corporal como anorexia, bulimia, depressão, compulsão alimentar e obesidade, além de consequências no convívio social como discriminação e baixa autoestima.

Novos modelos de educação

Há muitos debates ocorrendo sobre as problemáticas do sistema tradicional de ensino e novos modelos de educação para o século XXI, tendo em pauta os métodos de avaliação, uso de tecnologias, interação professor-aluno, formação crítica e social etc. Um documentário que ajuda na discussão desse tema é o “Quando sinto que já sei”, que pode ser encontrado no Youtube.

Dificuldades da formação universitária

A formação universitária no Brasil encontra diversos obstáculos, como o financeiro (alto valor das mensalidades em faculdades privadas, custeio de transporte ou residência, materiais didáticos, alimentação), psicológico (escolha de curso, afastamento de familiares e amigos, aumento de responsabilidades, inserção no mercado de trabalho), entre outros. Ao mesmo tempo, o Estado tem criado políticas públicas de financiamento e admissão de grupos minoritários por meio de  cotas.

Conceito de família no século XXI

O projeto de Lei 6583 de 2013 criou o Estatuto da Família. Nesse texto, família é definida como união entre homem e mulher. A partir disso, muitas discussões têm sido feitas sobre o conceito de família atualmente, com o intuito de refletir sobre famílias formadas por mães ou pais solteiros, avós e tios, casais homossexuais, poligamia etc.

Justiça com as próprias mãos

Tema bastante polêmico. O combate à violência através da justiça com as próprias mãos é válido? Definições de justiça, casos de linchamentos, rebeldia com a ordem e segurança públicas são alguns pontos que abordam essa temática.

Obsolescência programada

Esse conceito significa a diminuição da vida útil de equipamentos com o intuito de incentivar a compra de novos produtos ou versões atualizadas. Rodeia esse tema a questão do consumismo exacerbado, dos resíduos eletrônicos, da responsabilidade e consciência social do consumidor.

Trânsito em grandes metrópoles

Grandes cidades têm tido cada vez mais problemas com o trânsito. Muitos pontos podem ser discutidos nessa temática como a preferência dos cidadãos por transporte público ou individual, poluição causada por muitos carros, poluição sonora (buzinas em congestionamento), via exclusiva para ônibus, ciclovias, tempo gasto diariamente entre trabalho e residência, atraso nos horários e superlotação em ônibus, trens e metrôs, greves dos funcionários de transportes públicos, preços das passagens, catraca livre.

Voluntariado e transformações sociais

O trabalho voluntário no Brasil tem passado por uma transformação. Não se pensa mais no voluntariado como assistencial (doação de roupas, alimentos e agasalhos, por exemplo), mas como uma tentativa de mudança social, através de medidas inclusivas e de impacto. Outro ponto a ser considerado é a valorização que as empresas fazem de candidatos e funcionários que realizam trabalhos voluntários, assim como próprios projetos sociais realizados pelas empresas para contribuição à sociedade ou marketing.

Liberdade de expressão e mídia

A liberdade de imprensa é uma questão sempre bastante discutida. Pode-se refletir, por exemplo, sobre os limites entre liberdade de expressão e respeito às diferenças ou respeito à verdade.

Consumo de álcool e droga por adolescentes

Por lei, o consumo de álcool é proibido por adolescentes. Entretanto, é crescente o uso não só de bebidas alcoólicas mas também de drogas lícitas e/ou ilícitas entre os jovens, como cigarro, maconha, cocaína, LSD. As razões e consequências desse ato podem servir como base para a discussão temática.

Limites entre humor e “bullying”

Os limites do humor é algo que tem chamado bastante atenção por causa de diversos processos contra comediantes do Brasil como Rafinha Bastos e Danilo Gentili, e o constante uso de discriminação das minorias para fazer piada. A responsabilidade social do comediante foi discutida no documentário de Pedro Arantes, “O riso dos outros”, encontrado no Youtube.

Desigualdade étnica e de gênero

O Brasil é um dos países com maior desigualdade do mundo e, entre muitos tipos de desigualdade, a étnica e a de gênero costumam ser as mais discutidas, assim como os preconceitos gerados por essa situação, respectivamente, racismo e machismo. Os direitos conquistados, as lutas e reivindicações e as políticas públicas são alguns pontos que merecem ser estudados para entender a causa e argumentar com clareza.

Gestão de resíduos urbanos

Em 2010, foi instituída a Política Nacional de Resíduos Sólidos. A gestão de resíduos ainda é um tema em alta devido à enorme quantidade de lixo produzido anualmente no Brasil. Coleta seletiva e logística reversa são alguns dos termos importantes de serem entendidos. Para conhecer mais sobre a lei e sua importância na sociedade, pode ser consultada a explicação no site do Ministério do Meio Ambiente.

Saúde pública

Problemas no Sistema Único de Saúde (SUS) como falta de médicos, atrasos, grandes filas de espera e falta de equipamentos são possíveis de serem tratados em uma dissertação.

Abuso em trotes universitários

Todo ano, vários casos de abuso em trotes universitários são noticiados.  O fator psicológico dos jovens recém-inseridos no ensino superior também é pauta nessa discussão.

Tráfico de drogas e violência urbana

A correlação entre o tráfico de drogas e a violência urbana, principalmente em favelas, é muito propício de discussão. Esse tema foi  abordado nos filmes Tropa de Elite (1 e 2) e é sempre mencionado quando se debate sobre Legalização da Maconha, já que o combate às drogas é um dos fatores que mais causam violência e conflito entre policiais e civis no Brasil.

Uso da água na economia brasileira

É indiscutível a importância da água em diversas atividades econômicas no Brasil como a agroindústria e a geração de energia elétrica através de hidrelétricas.

Saúde feminina na gravidez

A preocupação com a saúde da mulher durante a gravidez é um bom tema de redação, pois nele podemos tratar várias problemáticas presentes na sociedade brasileira, como a do aborto não legalizado.

Sustentabilidade nas empresas

O termo sustentabilidade está bastante em alta no Brasil com a crescente preocupação com o meio ambiente. Nesse contexto, as empresas precisam atuar coincidindo a busca por lucros com o cuidado ambiental. Políticas empresariais e marketing verde são os pontos de destaque nessa discussão.

Intolerância religiosa

A intolerância religiosa é grande tanto no Brasil como em outros países. Ao debater esse tema, precisamos lembrar da laicidade do Estado e do respeito aos diferentes tipos de crenças e rituais religiosos, podendo destacar, no caso do Brasil, o grande preconceito existente com religiões de origem africana.

Ativismo em redes sociais

Cada vez mais, as redes sociais têm sido usadas para estar em contato com a política e com movimentos sociais. Eventos são criados para marcar protestos, projetos de leis polêmicos facilmente viram virais e reivindicações têm sido feitas através de abaixo-assinado online. Essa nova forma de participação política e suas causas e consequências na sociedade é um bom tema de pesquisa e escrita.

A política e a politicagem

Os brasileiros estão cansados de tantas notícias desalentadoras advindas do meio político, envolto em escândalos quase  diários na gestão pública. Uma reforma política tem sido aventada como solução em médio prazo. A moralidade nos atos públicos, entretanto, tem sido o pleito mais urgente da população. Discutir possíveis soluções que possam resgatar a credibilidade nos políticos e nas instituições pode ser um excelente tema de Redação para este ano.