Como argumentar com clareza

A palavra texto, como você sabe, significa “tecido”.

Com efeito, trata-se de um tecido composto de palavras que se reúnem em orações, orações que formam períodos e períodos que constituem parágrafos, os quais, perfeitamente encadeados, dão sentido ao texto.

É o que se espera de sua redação.

Assim acontece com quem se dispõe a escrever com clareza: não basta ter ideias, embora elas sejam o nascedouro de qualquer texto, nem apenas conhecer as estruturas textuais, não obstante a sua importância à concepção de qualquer tipo de texto.

É preciso também desenvolver uma linha de pensamento muito bem articulada por meio de uma linguagem coesa, coerente e concisa.

Já que o texto começa a ser costurado desde a sua origem, passando pela produção de parágrafos, tidos como unidades de composição, devemos tomar todo cuidado com a clareza em todos os estágios da produção textual.

Enquanto você estiver na fase dos treinamentos para a realização das provas de redação, crie o hábito de ler em voz alta o que escreveu, procurando perceber se todos os enunciados ficaram bem encadeados.

Observe também a ocorrência de possíveis deslizes estruturais que possam comprometer a clareza do texto, tais como a repetição desnecessária de ideias e a contradição.

Um conselho: não deixe de treinar a produção textual pelo menos duas vezes por semana e de submeter os textos à avaliação de quem entenda do assunto!

 

Se você desejar aprofundar o estudo, adquira os e-books de nossa autoria, campeões de venda na Amazon: Em Fortaleza, como livros impressos, você poderá encontrá-los nas livrarias Acadêmica (Shopping Aldeota), Saraiva (Shopping Iguatemi) e loja HBM (Shopping Avenida). Agora é treinar, treinar e… treinar!