Tenha opinião própria!

Além de muito bem interpretar os enunciados, você deverá revelar ser capaz de posicionar-se sobre os assuntos em pauta nas questões de redação mediante a redação de uma tese.

Ainda mais, deverá estar apto(a) a sustentar essa tese com argumentos precisos e coerentemente articulados.

Depois de lido o enunciado da questão de redação e depreendido o tema sobre o qual você precise dissertar em até 30 linhas, algumas perguntas deverão vir à mente antes de qualquer iniciativa, tais como:

  • Qual a minha opinião sobre esse assunto?
  • Com que argumentos eu poderei defender essa minha opinião?
  • Existem exemplos, dados estatísticos, notícias ou quaisquer outras informações que possam ilustrar ou fortalecer a forma como eu penso?

Importante: ao emitir a sua opinião, escreva em tese para um leitor universal.

Assim sendo, não use a primeira pessoa do singular nem empregue verbos fracos. Ainda mais, não generalize!

Exemplo: Eu acho que os políticos continuam sendo corrompidos pelo jogo de interesses pessoais.

Há três problemas nessa tese: 1º) O uso do “eu”; 2º) O emprego do verbo “achar”, muito fraco para a emanação de uma opinião; 3º) A generalização.

Corrigindo: Denúncias do poder público e investigações da Polícia Federal têm confirmado que boa parte dos políticos continuam sendo corrompidos pelo jogo de interesses pessoais.

Para aprofundar o estudo, adquira os nossos livros Dissertação Nota Mil Redação para Vestibulares, Concursos e Enem.

Se você desejar aprofundar o estudo, adquira os e-books de nossa autoria, campeões de venda na Amazon: Em Fortaleza, como livros impressos, você poderá encontrá-los nas livrarias Acadêmica (Shopping Aldeota), Saraiva (Shopping Iguatemi) e loja HBM (Shopping Avenida). Agora é treinar, treinar e… treinar!