E a interpretação ou intelecção de textos, como vai?

Procure treinar também a resolução de questões de interpretação e intelecção de textos.

Não basta conhecer apenas as técnicas da produção textual propriamente dita.

Você não pode ser traído(a) por qualquer desatenção ou sutileza do pedido.

O candidato(a) ingênuo(a) ou apressado(a) corre o risco até de escrever sobre o que não se pediu.

Por exemplo, vários candidatos de determinada prova de vestibular que lhes pedira produzir uma dissertação sobre os benefícios do lazer (descanso, repouso, passatempo), escreveram verdadeiros tratados sobre os benefícios do laser (radiação eletromagnética com inúmeras aplicações industriais e científicas) e, por justo motivo, receberam nota zero.

Há propostas de redação que já oferecem o tema sobre o qual você deva dissertar, como este: Disserte sobre a importância dos hábitos de leitura.

Outras, entretanto, mais seletivas, apresentam comandos que obrigam o(a) candidato(a) a inicialmente ler e interpretar textos, tiras, charges, fotografias, gráficos e quaisquer outras informações de apoio para, somente depois, depreender o tema sobre o qual deva dissertar, como em Disserte sobre o tema depreendido da leitura e interpretação da charge acima.

Treinar, portanto, a resolução de questões objetivas de interpretação e intelecção de textos desenvolverá a sua acuidade e evitará que você escreva sobre o que não se tenha pedido.

Olho vivo!

Se você desejar aprofundar o estudo, adquira os e-books de nossa autoria, campeões de venda na Amazon: Em Fortaleza, como livros impressos, você poderá encontrá-los nas livrarias Acadêmica (Shopping Aldeota), Saraiva (Shopping Iguatemi) e loja HBM (Shopping Avenida). Agora é treinar, treinar e… treinar!