Como bem interpretar o pedido da Questão de Redação?

Nem sempre o candidato desclassificado em vestibulares, concursos e Enem é aquele que não sabe escrever bem, haja vista que, muitas vezes, a dificuldade não reside na escrita propriamente dita, mas na leitura e interpretação do enunciado da proposta de redação.

Dessa forma, você corre o risco de produzir um texto que, mesmo gramaticalmente perfeito, seja mal planejado, mal estruturado e não responda ao que se peça. O desastre, nesses casos, é inevitável.

A depreensão do tema e das servidões do enunciado é um aspecto muito valorizado — não poderia ser diferente, não é mesmo? —, pois revela capacidade de leitura e interpretação do que se pede no enunciado, de análise das servidões a serem cumpridas e da articulação de argumentos.

O que fazer, então, diante de uma proposta de redação?

1º passo – Concentrar-se.

Significa esquecer tudo e todos à sua volta. Procure sentar-se confortavelmente. Deixe fora do salão de provas todos os seus problemas.

2º passo – Fazer a primeira leitura dos textos de apoio e do pedido da questão:

Neste momento, você estará tomando o primeiro contato com a proposta de redação e, naturalmente, envolto pelo clima de ansiedade decorrente da curiosidade quanto ao grau de dificuldade da questão. Essa primeira leitura deve ser corrida, de início ao término da proposta, mesmo que você não entenda bem o significado de todas as palavras ou expressões. Não assinale nada ainda no corpo do enunciado.

3º passo – Voltar à calma.

Respire fundo, acomode-se melhor, prepare-se para novas leituras.

4º passo – Reler os textos de apoio e o pedido da questão.

Agora, sim, com mais atenção, procurando entender o significado de todas as palavras ou expressões, frases, orações, períodos e parágrafos.

5º passo – Assinalar as servidões do pedido.

Grife os comandos dos verbos de ação. Costumamos dizer que o pedido é o general e nós, os soldados, por isso devemos obediência às ordens (servidões) emanadas.

6º passo: Reconhecer as implicações de cada servidão e a interdependência entre elas.

Depois de reconhecidas e grifadas as servidões, chega o momento de refletir sobre as implicações de seus significados, inicialmente cada uma de per si e, depois, no contexto. Somente após esse passo você estará em boas condições de planejar o seu texto.

 Pronto! Depois de passar por esses passos, você estará apto a planejar o texto!

Se você desejar aprofundar o estudo, adquira os e-books de nossa autoria, campeões de venda na Amazon: Em Fortaleza, como livros impressos, você poderá encontrá-los nas livrarias Acadêmica (Shopping Aldeota), Saraiva (Shopping Iguatemi) e loja HBM (Shopping Avenida). Agora é treinar, treinar e… treinar!