Comece o texto dissertativo-argumentativo pela ideia-força

Como iniciar um texto dissertativo-argumentativo, eis a questão.

Sugere-se, em nome da clareza e da precisão da linguagem, iniciar o parágrafo inicial pelo seu tópico frasal, ou seja, pela ideia-força.

Do contrário, você corre o risco de tornar o texto obscuro e de difícil entendimento.

Veja um bom exemplo de parágrafo assim constituído:

Vive-se dias de extremos riscos à integridade individual, principalmente nos grandes centros urbanos (ideia-força), onde as crianças têm sido assediadas por pedófilos; os jovens, abordados por traficantes; os idosos, ameaçados por desocupados. (desenvolvimento). Urge, pois, destacar maior policiamento nas ruas e mobilizar a sociedade para exigir leis mais rigorosas no combate à violência. (conclusão)

Outro exemplo:

Fumar é prejudicial à saúde (ideia-força), motivo pelo qual o Governo Federal deveria sobretaxar ainda mais a indústria do tabaco e esclarecer a opinião pública mais intensamente dos malefícios do fumo. (desenvolvimento) Assim sendo, deixaremos de chorar a morte daqueles que hoje são os mais vulneráveis a esse vício: os jovens de baixa escolaridade. (conclusão)

Agora é treinar, treinar e … treinar!

Se você desejar aprofundar o estudo, adquira os e-books de nossa autoria, campeões de venda na Amazon: Em Fortaleza, como livros impressos, você poderá encontrá-los nas livrarias Acadêmica (Shopping Aldeota), Saraiva (Shopping Iguatemi) e loja HBM (Shopping Avenida). Agora é treinar, treinar e… treinar!