Seja assíduo(a) leitor(a)

Seja observador(a) de tudo e de todos, sempre no intuito de levantar ideias e argumentos que possam contribuir para mudar o mundo para melhor, a começar por você!

Lembre-se de que mente fértil é um berço de ideias para o seu texto de vestibular, concurso ou exame.

Seja participativo(a) e atento(a) à realidade do contexto social no qual você esteja inserido(a), da família-núcleo a contextos maiores, passando pelo seu condomínio, pela sua cidade, pelo seu estado e país até chegar à leitura diária da conjuntura internacional.

Desenvolva o senso crítico, seja questionador(a), não aceite a realidade dos fatos sem antes refletir e perguntar-se: não poderia ser diferente ou melhor?

Seja assíduo(a) leitor(a). 

Considere o seguinte: ler não significa apenas abrir um bom livro.

Mais do que isso, ler é compreender o que se lê e habilitar-se a inferir a respeito do que se leu.

Guarde esta máxima: para você, nesta fase de preparação em que se encontra, é melhor saber um pouco de tudo do que tudo de pouco!

Podemos dizer que “água pela canela” no mar de conhecimentos já é suficiente por ora.

Mais tarde, sim, você se tornará doutor(a) em alguma área específica.

Por enquanto, importa, sim, estar muito bem informado(a)!

Quem assim o faz é capaz de escrever textos de até 30 linhas sobre qualquer assunto.

Basta ter razoável conhecimento do assunto da Questão de Redação, sobre o qual se elabore uma opinião  que seja sustentada por dois ou três argumentos.

Quanto ao mais, diante de determinada situação-problema, é bom pensar também em soluções/sugestões que possam saná-la.

Pressupõe-se, finalmente, o uso de linguagem compatível com o nível de escolaridade exigido pela prova.

Boa sorte!

Se você desejar aprofundar o estudo, adquira os e-books de nossa autoria, campeões de venda na Amazon: Em Fortaleza, como livros impressos, você poderá encontrá-los nas livrarias Acadêmica (Shopping Aldeota), Saraiva (Shopping Iguatemi) e loja HBM (Shopping Avenida). Agora é treinar, treinar e… treinar!